O trânsito é com certeza um problema nacional. As principais cidades do país têm relatado um caos excessivo de congestionamento. O que gera problema na mobilidade urbana, além de um estresse para a população que se depara com impedimento de transitar livremente pelas vias. Esse é um ponto que sempre é trabalhado pelas secretarias de trânsito, que criam métodos para minimizar o problema.

Sobre ter um veículo

Um veículo é sempre uma aquisição dos sonhos. Seja carro ou moto. Embora gere alguns gastos, por exemplo na cidade de São Paulo que é a maior do país o IPVA SP também está entre os mais altos.

Ainda assim, a maioria das pessoas prefere comprar um veículo próprio do que utilizar o transporte público, oferecido pelo governo do Estado.

Com isso, muitas famílias possuem mais de um carro ou moto. O resultado é o maior índice de poluição, e mais congestionamento no trânsito.

Além do que, automaticamente passam a pagar mais impostos e tributos. A dica é sempre verificar a situação jurídica e financeira do veículo. Como consultar valor IPVA SP.

Soluções para o trânsito congestionado

As empresas que cuidam das rodovias brasileiras, e as secretarias de mobilidade e trânsito, sempre criam projetos e métodos para diminuir o congestionamento.

Estas soluções devem ser pensadas em conjunto, porque envolvem muitas pessoas. Algumas das opções são:

  • Construir faixas expressas;
  • Construir rodoanel;
  • Aumentar a velocidade limite do radar;
  • Rodízio de veículos;
  • Publicidade em prol do transporte público;
  • Investimento em ciclovias;
  • Fiscalização rigorosa.

Cidades mais congestionadas do Brasil

As reclamações sobre o trânsito são cada vez mais corriqueiras, isso porque a maior parte das cidades do Brasil apresentam problemas nesse quesito. Principalmente as grandes metrópoles, já que possuem alto índice de população.

Em pesquisa, realizada em 2017 pela empresa 99 Táxis, os dados apontam o ranking das 10 cidades com maior congestionamento.Considerando o tempo gasto nas rodovias.

A tabela impressiona, já que cidades conhecidas pelo trânsito caótico não ocupam as primeiras posições.

  1. Niterói;
  2. Recife;
  3. Porto Alegre;
  4. Goiânia;
  5. Salvador;
  6. Belém;
  7. São Paulo;
  8. Rio de Janeiro;
  9. São Luís;
  10. Barueri.

Meses antes da divulgação desse ranking, a revista Auto Esporte divulgou um levantamento internacional feito pela empresa Inrix. Na ocasião, a cidade de São Paulo ficou em 4° lugar. Com 86 horas gastas no trânsito.