Foi multado e não sabe quando deve cumprir com o valor? Bem, isso é bastante comum principalmente se foi multado por estar com pendências no Detran. Existem maneiras bem simples de solucionar o problema e para ajudar você, trouxemos algumas dicas interessantes.

O primeiro passo para solucionar as suas pendências com o Detran, é compreender os motivos pelos quais você pode ser multado. Vamos começar falando do descumprimento de valores obrigatórios, como o DPVAT 2020 RJpor exemplo.

Esses valores são cobrados anualmente, e no caso do DPVAT, pode até garantir indenização para caso você se envolva em um acidente de trânsito.

Quando deixa de cumprir com o DPVAT e o IPVA, por exemplo, o motorista pode ser multado em alguns níveis, partindo desde multas de trânsito até multas por atraso.

Uma outra situação, é a multa por infração do regimento do trânsito. Essas multas são divididas entre: leves, médias, graves e gravíssimas.

Mas quando eu devo pagar as multas?

O ideal é que você sempre cumpra com as pendências. Isto porque, quando estamos falando de taxas obrigatórias como o DPVAT e o IPVA, fica impossível para o motorista solicitar o licenciamento do veículo,

Um outro ponto importante é a dificuldade para a venda do veículo, caso esteja endividado,  e o acréscimo de juros na multa pelo não cumprimento da quitação.

Por isso, o mais indicado realmente é que você sempre esteja atento aos valores e taxas referentes a sua Carteira de Habilitação Nacional.

E quanto as datas de pagamento da multa?

Se você foi notificado sobre uma multa, terá um prazo determinado para cumprir com o pagamento, que depende diretamente do dia em que foi autuado e qual o tipo de infração cometida.

Mas você sabia que pode realizar a consulta DPVAT 2020verificar as datas de pagamento de multas e gerar boletos sem sair de casa?

Para tanto, basta acessar o site do Detran do seu estado e verificar os seus dados, fornecendo ao sistema a placa do seu veículo ou o número do seu RENAVAM, que estará constando no documento legal do seu veículo.

Ao acessar, o motorista tem acesso a todas as suas pendências com o órgão e pode até conseguir parcelar algumas dividas, como o IPVA, por exemplo.

Depois de selecionar o valor que você quer pagar, basta gerar e imprimir a sua guia de pagamento, para que você possa pagar em uma agência bancária.