O Bolsa Família é um programa que proporciona auxílio financeiro para família que se encontram em situação de pobreza e precisam de suporte para garantir que suas necessidades básicas chegam cumpridas. Para participar da iniciativa é preciso que a família esteja de acordo com os requisitos da mesma.

Quem é aprovado no programa passa a receber o auxílio financeiro e o valor depende de cada família e da quantidade de filhos dependentes. Você sabe qual o valor do Bolsa Família por filho? Vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o programa e o valor! Confira a seguir:

Como funciona o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa criado pelo Governo Federal a fim de oferecer auxílio financeiro para famílias que preenchem os requisitos do mesmo. Para ter direito ao benefício, é necessário que a família em situação de pobreza extrema tenha uma renda per capita inferior a R$ 85,00. No caso da situação de pobreza, a renda per capita da família deve estar entre R$ 85,01 e R$ 170,00.

Você deve saber que o valor da bolsa recebe acréscimo de acordo com o número de filhos cadastrados, mas também é necessário estar de acordo com o programa. Para as crianças e adolescentes de até 17 anos cadastrados no programa junto a família, é obrigatório que os mesmo estejam matriculados na escola e a frequentem.

Além disso, é preciso realizar o Cadúnico para solicitar o benefício na Assistência Social, no CRAS ou no órgão responsável pelo programa em sua região  Depois da aprovação, é só ficar atento ao calendário Bolsa Família 2019.

Quanto irei receber por filho?

O valor da bolsa irá variar de família para família, então vale a pena conferir a sua situação. No geral, o valor base é de R$ 85,00 por pessoa da família que vive em situação de extrema pobreza. Quanto ao acréscimo para cada criança, o limite de idade é de 15 anos e podem se cadastrar até 5 crianças. O valor para cada uma delas é de R$ 38,00.

Já os adolescentes de até 17 anos acrescentam até R$ 45,00 ao valor base da bolsa. Podem ser cadastrados até 2 jovens no benefício da família. Mulheres gestantes representam uma adição de R$ 39,00 e as que amamentam podem receber a mesma quantia, caso realizem o cadastro do recém-nascido no Cadúnico até o sexto mês de vida.

Para verificar com mais detalhes a sua situação, entre em contato com o órgão responsável pelo programa através do telefone de antedimento e se informe!