Todos os brasileiros tem direito a aposentadoria, porém, os trabalhadores devem mensalmente fazer a contribuição INSS, para que deste modo, possam se aposentar mais cedo utilizando o tempo de serviço. Porém, existem pessoas que trabalham sozinhas e não tem vínculo com empresas. Com isso, essas pessoas podem optar pelo pagamento do INSS do trabalhador autônomo.

Contribuição do trabalhador autônomo

Todas as pessoas no Brasil que trabalham com a carteira assinada, possuem a contribuição com a aposentadoria do INSS em dia.

Isso ocorre, pois a empresa para qual o cidadão presta serviços é obrigada a fazer pagamentos mensais ao INSS para assegurar a contribuição da aposentadoria para seus funcionários.

Porém, existem milhares de pessoas que não possuem vínculo algum com empresas. Assim, muitos cidadãos brasileiros costumam trabalhar sozinhos. Desse modo, não existe uma empresa que fará o pagamento de seu INSS.  

Com isso, o cidadão não terá direito a uma aposentadoria futuramente. Porém, para reverter esse cenário, o INSS disponibiliza algumas opções de contribuição para os trabalhadores INSS autônomo 2020.    

Pagamento do INSS do trabalhador autônomo

Todo trabalhador brasileiro classificado como autônomo, poderá fazer pagamentos ao INSS para assim, garantir futuramente uma aposentadoria como qualquer outro trabalhador.  

Para isso, o cidadão deverá realizar alguns procedimentos de inscrição em programas do Governo. Isso ocorre para deixar o pagamento mais padronizado e personalizado.

Primeiramente, para que uma pessoa possa fazer a contribuição individual ou autônoma, é preciso se inscrever no PIS. Logo em seguida, o cidadão deverá dar entrada na Previdência Social solicitando seu carnê de contribuição autônomo.

Bastante conhecido como GPS, a Guia da Previdência Social, nada mais é do que um carnê com talões de pagamento mensais com valores fixos que devem ser pagos até o dia 5 de cada mês para fazer a contribuição do cidadão de maneira individual.

Confira abaixo os valores de pagamento do INSS do trabalhador autônomo de acordo com a tabela de contribuição INSS 2020:

  • Pagamento de 11% sobre o salário mínimo: R$ 109,78. Dá direito à aposentadoria por idade;
  • Pagamento de 20% sobre o que recebe: entre R$ 199,60 (para quem contribui pelo salário mínimo) e R$ 1.167,89 (para quem contribui pelo teto). Dá direito à aposentadoria por tempo de contribuição ou idade, o que chegar primeiro.

O cidadão deve escolher qual das opções acima deverá ser a sua para mensalmente realizar o pagamento de sua contribuição. Lembrando que todo pagamento do INSS do trabalhador autônomo deve ser feito dentro do prazo limite.