O começo do ano traz sempre a obrigatoriedade de cumprir com alguns valores importantes para o país. Temos como exemplo de um dos impostos mais relevantes o Imposto de Renda, que deve ser cumprido anualmente por alguns contribuintes.

Esse é um dos impostos obrigatórios mais significativos para nós, brasileiros, e não cumprir com o mesmo pode gerar consequências. Isto é claro, para quem não isento IR.

Mas afinal, quem está livre da taxa? Leia o texto a seguir e saiba quais as doenças que permitem a isenção do Imposto de Renda em 2020:

Como funciona o imposto de renda?

O Imposto de Renda representa uma declaração de valores tributáveis, que irão determinar o quanto você deve pagar a Receita Federal.

Esse imposto está dividido em duas categorias: o IRPF e o IRPJ. O Imposto de Renda Pessoa Física é destinado a categoria de trabalhadores regulares que se encaixam nas regras do IR.

Enquanto isso, o Imposto de Renda Pessoa Jurídica, fica destinado a empresas e negócios que também excedem o limite do valor tributável anual.

Para cumprir com o IR, o contribuinte que se enquadre nos parâmetros requeridos, deve realizar a declaração do imposto de renda, que pode ser feito através do programa disponibilizado pela Receita Federal.

O que é a isenção do IR?

De acordo com a Receita, deverá realizar a declaração do IR, quem recebeu rendimentos tributáveis, que podem sofrer ajustes, superiores a R$ 28.559,70. O mesmo deverá estar atento ao extrato IRPF 2020.

Mas mesmo quem excedeu essa base e supostamente, deveria cumprir com o valor do IR, pode estar dispensado da taxa caso esteja dentro das regras de isenção do IR.

A isenção é um recurso muito importante que prevê de maneira legal a dispensa do pagamento do imposto de renda para pessoas classificadas em uma das condições especiais da Receita Federal.

Quais doenças permitem a isenção do IR?

A isenção é um recurso muito importante e que pode beneficiar diversos brasileiros em situação especial. Se você quer saber se tem direito a isenção do imposto a fim de solicitar o seu benefício, então confira a seguir a lista das doenças inclusas na isenção:

  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)
  • Alienação Mental
  • Cardiopatia Grave
  • Cegueira (inclusive monocular)
  • Contaminação por Radiação
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante)
  • Doença de Parkinson
  • Esclerose Múltipla
  • Espondiloartrose Anquilosante
  • Fibrose Cística (Mucoviscidose)
  • Hanseníase
  • Nefropatia Grave
  • Hepatopatia Grave
  • Neoplasia Maligna
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante
  • Tuberculose Ativa