5 passos simples para aprender a utilizar o programa Sicalc

Como em todos os anos milhares de brasileiros tem de realizar o processo de confecção do Imposto de Renda, a Receita Federal criou alguns programas para ajudar na confecção da sua declaração. Um desses sistemas e o programa Sicalc do qual permite realizar a confecção da DARF e seu pagamentos posteriormente.

Programa Sicalc

Este programa de computador criado pela Receita Federal tem como objetivo ajudar o cidadão que possui um empreendimento a controlar suas contas no final de cada mês.

Porém, este programa foi criado para manter as contas equilibradas em particular com o próprio Governo Federal para que assim, não fique nenhuma pendência existente e possa prejudicar o empresário na confecção do Imposto de Renda 2020.

Além disso, o programa Sicalc faz com que o empresário tenha uma maior facilidade na impressão de documentos de tributos cobrados para si e cobranças governamentais emitidos pela Receita Federal.

Desse modo, o programa Sicalc ainda conta com um cálculo automático de acréscimos legais de períodos legais de apuração da própria Receita Federal para o seu negócio.

Por fim, o maior meio de utilização desse programa é para a emissão da Documento de Arrecadação de Receita Federal (DARF).

Como utilizar o programa Sicalc

Primeiramente, para poder utilizar todos os recursos do programa Sicalc, é preciso baixar o instalador em seu computador para somente após a instalação, poder usar o programa da maneira correta.  

Para realizar esses comandos basta ter um computador com acesso a internet para poder baixar o programa. É possível baixar o programa Sicalc diretamente pelo site online da Receita Federal.

Agora confira logo abaixo 5 passos simples para aprender a utilizar o programa Sicalc:

  1. Primeiramente, basta acessar o site da Receita Federal no seu computador e baixe o programa;
  2. Em seguida, é só o instalar em seu computador;
  3. Logo depois, é preciso colocar no programa os seus dados cadastrais como residência, atividade e CPF/CNPJ;
  4. Após isso, comece a colocar todas as transações econômicas que você fez no último mês em nome de sua empresa e o programa começará a calcular os resultados;
  5. Por fim, basta imprimir as versões completas de cada mês em formato de documentos como a DARF.

Desse modo, será possível ficar em dia e não ter mais nenhuma pendência com a Receita federal por meio do programa Sicalc disponibilizado gratuitamente pela Receita Federal em seu site.

O que muda no pagamento do INSS do trabalhador autônomo?

Todos os brasileiros tem direito a aposentadoria, porém, os trabalhadores devem mensalmente fazer a contribuição INSS, para que deste modo, possam se aposentar mais cedo utilizando o tempo de serviço. Porém, existem pessoas que trabalham sozinhas e não tem vínculo com empresas. Com isso, essas pessoas podem optar pelo pagamento do INSS do trabalhador autônomo.

Contribuição do trabalhador autônomo

Todas as pessoas no Brasil que trabalham com a carteira assinada, possuem a contribuição com a aposentadoria do INSS em dia.

Isso ocorre, pois a empresa para qual o cidadão presta serviços é obrigada a fazer pagamentos mensais ao INSS para assegurar a contribuição da aposentadoria para seus funcionários.

Porém, existem milhares de pessoas que não possuem vínculo algum com empresas. Assim, muitos cidadãos brasileiros costumam trabalhar sozinhos. Desse modo, não existe uma empresa que fará o pagamento de seu INSS.  

Com isso, o cidadão não terá direito a uma aposentadoria futuramente. Porém, para reverter esse cenário, o INSS disponibiliza algumas opções de contribuição para os trabalhadores INSS autônomo 2020.    

Pagamento do INSS do trabalhador autônomo

Todo trabalhador brasileiro classificado como autônomo, poderá fazer pagamentos ao INSS para assim, garantir futuramente uma aposentadoria como qualquer outro trabalhador.  

Para isso, o cidadão deverá realizar alguns procedimentos de inscrição em programas do Governo. Isso ocorre para deixar o pagamento mais padronizado e personalizado.

Primeiramente, para que uma pessoa possa fazer a contribuição individual ou autônoma, é preciso se inscrever no PIS. Logo em seguida, o cidadão deverá dar entrada na Previdência Social solicitando seu carnê de contribuição autônomo.

Bastante conhecido como GPS, a Guia da Previdência Social, nada mais é do que um carnê com talões de pagamento mensais com valores fixos que devem ser pagos até o dia 5 de cada mês para fazer a contribuição do cidadão de maneira individual.

Confira abaixo os valores de pagamento do INSS do trabalhador autônomo de acordo com a tabela de contribuição INSS 2020:

  • Pagamento de 11% sobre o salário mínimo: R$ 109,78. Dá direito à aposentadoria por idade;
  • Pagamento de 20% sobre o que recebe: entre R$ 199,60 (para quem contribui pelo salário mínimo) e R$ 1.167,89 (para quem contribui pelo teto). Dá direito à aposentadoria por tempo de contribuição ou idade, o que chegar primeiro.

O cidadão deve escolher qual das opções acima deverá ser a sua para mensalmente realizar o pagamento de sua contribuição. Lembrando que todo pagamento do INSS do trabalhador autônomo deve ser feito dentro do prazo limite.

Confira 10 aplicativos que facilitam o cotidiano do cidadão de SP

Os aplicativos tomaram conta de todos os setores do nosso dia a dia, proporcionando inúmeros benefícios como a facilidade em executar algumas tarefas. Se você mora em São Paulo e quer poupar seu tempo, conseguindo acessar recursos importantes através do seu celular, então confira a seguir 10 aplicativos que facilitam o cotidiano de quem mora em SP:

Matrícula Fácil

A matrículas SP 2020 é um recurso que visa oferecer praticidade para pais e responsáveis. Isso é possível através da matrícula online, na qual os pais podem garantir a vaga da criança em uma escola estadual do estado.

Detran SP

Outro aplicativo que está sendo bastante utilizado pelos paulistas, principalmente no começo do ano, é o Detran Sp. Através do app, o usuário pode ter acesso a diversos recursos oferecidos pelo Detran como verificação de multa e informações gerais.

PoupaTempo

O PoupaTempo é outro app que tem facilitado a vida de quem reside em SP, pois proporciona o agendamento rápido de serviços como a solicitação do RG e da CNH.

Meu INSS

Outras facilidades ficam disponíveis através do Meu INSS, no qual os usuários podem agendar e verificar diversas atividades possibilitadas pelo instituto. Vale lembrar que o aplicativo está disponível para outras regiões do país.

Sabesp

O Sabesp tem o objetivo de simplificar a visualização das suas últimas contas. Através do app, os usuários podem ainda, emitir a 2ª via dos boletos.

Espia Aqui

Um dos serviços mais úteis para quem mora em SP é o proporcionado pelo Espia Aqui. Isto porque, o app resume a situação de algumas estradas e rodovias para quem vi enfrentar o trânsito paulista.

EMTU Oficial

Quem utiliza o transporte público diariamente não pode deixar de ter no celular o aplicativo EMTU Oficial. O app disponibiliza o itinerário do transporte público em tempo real.

Simulado Detran.SP

Se o aplicativo do Detran proporciona facilidades para os paulistas, o Simulado Detran.SP tem auxiliado na conquista da CNH. Isto porque, o aplicativo gera um simulado da prova do Detran, permitindo que os candidatos a motorista testem seus conhecimentos e se preparem para a prova.

DER.SP

Enquanto o Detran SP é voltado para alguns serviços do órgão, o DER.SP é direcionado somente para a cobrança de multas e emissão de boletos

CDHU

O CDHU é um programa habitacional voltado para o estado de São Paulo e já auxiliou muitos cidadãos a conquistarem o sonho da casa própria. Através do aplicativo da CDHU, os beneficiários podem emitir, por exemplo, os boletos do imóvel financiado.

Veja como ajudar seus pais financeiramente

A crise econômica pela qual o país passa no momento, levou muitas famílias de rendas variáveis a perderem a qualidade de vida. Por isso, o jovem pertencente a esses núcleos familiares pode estar pensando em estratégias para começar a ajudar a família financeiramente.

Mas como é possível começar a gerar dinheiro sendo jovem? Para ajudar você, trouxemos algumas dicas bem interessantes.

Jovem Aprendiz

Vamos começar com uma opção mais ampla e que gera diversos benefícios para o jovem brasileiro. Estamos falando do programa Jovem Aprendiz 2020que garante um percentual de vagas para os jovens em diversas empresas de sucesso, assim como instituições financeiras.

Com o programa, o estudante que possui entre 14 e 24 anos pode começar a atuar no mercado de trabalho sem nenhuma experiência profissional. A outra vantagem é que esse funcionário que assina o contrato como Jovem Aprendiz recebe treinamento e qualificação gratuita para a sua área de atuação.

O valor a ser recebido depende diretamente da carga horária de trabalho do estudante, que deve ser de até 6 horas semanais. Além disso, há vários direitos interessantes nessa categoria de emprego, além de ser uma fonte de renda fixa.

Uber Eats

Uma outa opção para o jovem que quer começar a contribuir com o orçamento da família é o aplicativo Uber Eats. Diferente do Jovem Aprendiz, só poderá atuar nessa função quem for maior de 18 de anos, como está previsto no regulamento do próprio aplicativo.

O Uber Eats é uma aplicativo de delivery que tem ganhado cada vez mais espaço e o jovem pode atuar através dele utilizando uma bicicleta, uma motocicleta ou um carro.

O serviço de entregador do aplicativo é interessante para conseguir uma renda extra, além de permitir uma flexibilidade de horário interessante para quem precisa estudar ou desenvolver outras atividades.

Aprendiz Senac

Uma outra opção, muito recomendada para quem está pensando em trabalhar e estudar são os cursos ofertados pelo Senac. E vale a pena mencionar que os candidatos podem conseguir seu curso gratuito através do programa Novos Caminhos, voltado para a distribuição de bolsas de estudo do Sistema S.

O Senac proporciona cursos de qualificação profissional de qualidade e além disso, tem um programa Aprendiz Senac, no qual os estudantes podem começar a trabalhar na própria instituição.

A renda é equivalente ao tempo de serviço prestado e estará sendo oferecida junto a uma formação de qualidade para atuar no mercado de trabalho posteriormente.

Conheça o “Nossa Casa”, novo programa de habitação em São Paulo

Os programas que incentivam e oferecem condições exclusivas para que as famílias conquistem o sonho da casa própria, tem sido cada vez mais procurados. Por isso, o governo de alguns estados resolveu investir em programas próprios para a localidade. É o caso do Nossa Casa, um programa de habitação criado especialmente para quem reside em SP.

Quando falamos de programas habitacionais, é impossível não associar diretamente ao Minha Casa Minha Vida, o maior programa que permite condições vantajosas para a compra do primeiro imóvel.

É importante enfatizar que a criação de programas habitacionais a nível estadual não anula o Minha Casa Minha Vida. Os interessados poderão continuar participando das inscrições para o Minha Casa Minha Vida e conseguir subsídios incríveis para sair do aluguel.

Os programas locais são apenas outra alternativa que dá chance de pesquisa do melhor negócio para os compradores interessados, ou seja, muita vantagem para quem está pensando em morar no que é seu!

Mas como funciona o Nossa Casa?

O programa estará sendo instalado em larga escala em breve e oferecerá condições de compra exclusivas para as famílias que se enquadrarem nos requisitos.

De acordo com o Nossa Casa, famílias que recebem até três salários mínimos vigentes poderão estar se inscrevendo para receber o auxílio do programa.

A inciativa é organizada da seguinte forma: as famílias que se enquadram na renda do programa podem se inscrever e conseguir até R$30 mil de suporte através de um cheque oferecido pelo Nossa Casa.

Com essa grande vantagem, o comprador conseguirá financiar R$ 60 mil do valor total do imóvel, sendo parcelado em mensalidades de até R$ 450.

De acordo com o programa, essas parcelas podem variar bastante dependendo do preço do imóvel e do valor no qual o mesmo está situado.

Vale a pena comprar um imóvel pelo Nossa Casa?

Como você conferiu acima, existem várias vantagens para quem opta por comprar um imóvel através do Nossa Casa. O grande diferencial dessa proposta é a atenção para as moradias locais.

Como é um programa exclusivo do governo de São Paulo, pode ser mais fácil para os paulistas conseguirem acessar as vantagens do Nossa Casa.

Enquanto isso, os programas a nível nacional, como o Minha Casa Minha Vida são mais disputados, por oferecerem faixas de subsídios variáveis.

O ideal é que o comprador faça uma consulta direta com os agentes responsáveis pelo programa e compare as vantagens de acordo co a sua renda mensal.

Conheça as doenças que permitem isenção do Imposto de Renda

O começo do ano traz sempre a obrigatoriedade de cumprir com alguns valores importantes para o país. Temos como exemplo de um dos impostos mais relevantes o Imposto de Renda, que deve ser cumprido anualmente por alguns contribuintes.

Esse é um dos impostos obrigatórios mais significativos para nós, brasileiros, e não cumprir com o mesmo pode gerar consequências. Isto é claro, para quem não isento IR.

Mas afinal, quem está livre da taxa? Leia o texto a seguir e saiba quais as doenças que permitem a isenção do Imposto de Renda em 2020:

Como funciona o imposto de renda?

O Imposto de Renda representa uma declaração de valores tributáveis, que irão determinar o quanto você deve pagar a Receita Federal.

Esse imposto está dividido em duas categorias: o IRPF e o IRPJ. O Imposto de Renda Pessoa Física é destinado a categoria de trabalhadores regulares que se encaixam nas regras do IR.

Enquanto isso, o Imposto de Renda Pessoa Jurídica, fica destinado a empresas e negócios que também excedem o limite do valor tributável anual.

Para cumprir com o IR, o contribuinte que se enquadre nos parâmetros requeridos, deve realizar a declaração do imposto de renda, que pode ser feito através do programa disponibilizado pela Receita Federal.

O que é a isenção do IR?

De acordo com a Receita, deverá realizar a declaração do IR, quem recebeu rendimentos tributáveis, que podem sofrer ajustes, superiores a R$ 28.559,70. O mesmo deverá estar atento ao extrato IRPF 2020.

Mas mesmo quem excedeu essa base e supostamente, deveria cumprir com o valor do IR, pode estar dispensado da taxa caso esteja dentro das regras de isenção do IR.

A isenção é um recurso muito importante que prevê de maneira legal a dispensa do pagamento do imposto de renda para pessoas classificadas em uma das condições especiais da Receita Federal.

Quais doenças permitem a isenção do IR?

A isenção é um recurso muito importante e que pode beneficiar diversos brasileiros em situação especial. Se você quer saber se tem direito a isenção do imposto a fim de solicitar o seu benefício, então confira a seguir a lista das doenças inclusas na isenção:

  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)
  • Alienação Mental
  • Cardiopatia Grave
  • Cegueira (inclusive monocular)
  • Contaminação por Radiação
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante)
  • Doença de Parkinson
  • Esclerose Múltipla
  • Espondiloartrose Anquilosante
  • Fibrose Cística (Mucoviscidose)
  • Hanseníase
  • Nefropatia Grave
  • Hepatopatia Grave
  • Neoplasia Maligna
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante
  • Tuberculose Ativa

Quando devo pagar as multas de carros?

Foi multado e não sabe quando deve cumprir com o valor? Bem, isso é bastante comum principalmente se foi multado por estar com pendências no Detran. Existem maneiras bem simples de solucionar o problema e para ajudar você, trouxemos algumas dicas interessantes.

O primeiro passo para solucionar as suas pendências com o Detran, é compreender os motivos pelos quais você pode ser multado. Vamos começar falando do descumprimento de valores obrigatórios, como o DPVAT 2020 RJpor exemplo.

Esses valores são cobrados anualmente, e no caso do DPVAT, pode até garantir indenização para caso você se envolva em um acidente de trânsito.

Quando deixa de cumprir com o DPVAT e o IPVA, por exemplo, o motorista pode ser multado em alguns níveis, partindo desde multas de trânsito até multas por atraso.

Uma outra situação, é a multa por infração do regimento do trânsito. Essas multas são divididas entre: leves, médias, graves e gravíssimas.

Mas quando eu devo pagar as multas?

O ideal é que você sempre cumpra com as pendências. Isto porque, quando estamos falando de taxas obrigatórias como o DPVAT e o IPVA, fica impossível para o motorista solicitar o licenciamento do veículo,

Um outro ponto importante é a dificuldade para a venda do veículo, caso esteja endividado,  e o acréscimo de juros na multa pelo não cumprimento da quitação.

Por isso, o mais indicado realmente é que você sempre esteja atento aos valores e taxas referentes a sua Carteira de Habilitação Nacional.

E quanto as datas de pagamento da multa?

Se você foi notificado sobre uma multa, terá um prazo determinado para cumprir com o pagamento, que depende diretamente do dia em que foi autuado e qual o tipo de infração cometida.

Mas você sabia que pode realizar a consulta DPVAT 2020verificar as datas de pagamento de multas e gerar boletos sem sair de casa?

Para tanto, basta acessar o site do Detran do seu estado e verificar os seus dados, fornecendo ao sistema a placa do seu veículo ou o número do seu RENAVAM, que estará constando no documento legal do seu veículo.

Ao acessar, o motorista tem acesso a todas as suas pendências com o órgão e pode até conseguir parcelar algumas dividas, como o IPVA, por exemplo.

Depois de selecionar o valor que você quer pagar, basta gerar e imprimir a sua guia de pagamento, para que você possa pagar em uma agência bancária.

Descubra as vantagens de ter uma conta no Bradesco

O Bradesco é uma das maiores instituições financeiras do setor privado que temos no país atualmente. É preciso ressaltar que a participação do banco na economia nacional é igualmente muito importante.

Por isso, é de se esperar que para se manter em excelência de qualidade, o banco pudesse oferecer diversos serviços exclusivos para os seus clientes.

IPVA simplificado

Mas o que seria o IPVA simplificado? Anualmente os proprietários de veículos que residem em qualquer estado do país precisam cumprir com o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o que muita gente considera até mesmo burocrático.

Então quem vai pagar o IPVA 2020 já deve estar procurando opções mais viáveis de quitar a valor sem precisar de muitos processos. Pensando nisso, o banco desenvolveu um serviço exclusivo para seus clientes!

Estamos falando do Bradesco IPVA 2020que é uma maneira simplificada de cumprir com os seus impostos, totalmente voltada para atender os clientes Bradesco através da plataforma digital da instituição. O banco promove vários recursos no site.

Investimento facilitado

Quem entende de economia já deve saber que os bancos representam uma das formas mais seguras de investir o seu dinheiro, uma vez que leva tempo para que uma instituição financeira possa falir.

Então, além de possuir a grande vantagem da segurança para o investidor, o Bradesco promove ainda, investimento facilitado para quem tem uma conta com o banco. E as possibilidades podem beneficiar diversos clientes, independente de sua renda!

Crédito acessível

Como já sabemos que o Bradesco promove investimento facilitado para diversos clientes, não é difícil de imaginar que as condições de crédito para os mesmos também fosse bem interessante!

O Bradesco tem a grande vantagem de crédito acessível para as mais variadas faixas de renda. O banco disponibiliza ainda uma categoria de crédito e investimento totalmente voltada para os estudantes, que podem abrir a tão sonhada conta universitária.

Exclusividades e promoções

O banco Bradesco é uma das instituições que mais promovem programas de inventivo a educação e a cultura, portanto, o mesmo disponibiliza algumas condições exclusivas para os seus clientes de todos os estados do país.

Quem possui uma conta no banco, pode conseguir comprar ingressos para os mais diversos entretenimento até pela metade do preço. O cliente também é inserido em diversas promoções e pode acumular pontos em seu cartão. As vantagens são muitas!

Motos para cidade e estrada: Quais os melhores modelos?

A motocicleta é um veículo que promove praticidade e otimização de tempo para os motoristas. Ou seja, pode facilitar e muito a sua vida. O que nem todo mundo sabe é que existe um modelo de moto para cada objetivo.

Por exemplo, você sabe qual o melhor tipo para encarar as pistas da estrada? Ou qual o melhor tipo para circular em área urbana? Acredite ou não, escolher a moto certa pode evitar futuras dores de cabeça Saiba qual a melhor moto para você a seguir:

Moto para a cidade

Para quem circula na cidade, agilidade e mobilidade são características importantes. É claro que precisamos pensar no desempenho do seu veículo de duas rodas sob o asfalto, mas também é preciso considerar o desempenho do modelo para fazer voltas rápidas.

Pensando nessas necessidades, o modelo mais recomendado para quem só circula por área urbana é a Scooter. Esse tipo de veículo costuma ser bem fácil de pilotar, dando bastante mobilidade para o motorista.

No geral, essas são as motos mais procurados por quem está começando a pilotar já que não é pesada e nem possui direção dura. E os modelos são muitos, podendo agradar a todo público!

Quem valoriza praticidade, e ainda assim busca uma moto econômica com um visual moderno precisa conhecer a Honda PCX 2020uma das motos mais esperadas do ano. O modelo promete tecnologia avançada para auxiliar o motorista no dia a dia.

Moto para a estrada

Enquanto a cidade exige uma moto prática e fácil de movimentar, a estrada vai requirir um veículo resistente, potente e com uma boa aceleração.

Neste caso, a melhor opção para o motorista é uma moto tipo Standard. Esse veículo é conhecido por possuir uma boa adaptação em diferentes tipos de terreno.

Ou seja, além de poder cair na estrada com a sua Standard, ela também pode funcionar bem em trajetos mais urbanos, sendo uma moto ideal para quem circula bastante por ai.

Se você vai optar pela Standard, o lançamento mais procurado no momento é a XRE 300 2020, a nova queridinha produzida pela Honda.

A moto promete mais acessibilidade e tecnologia para os motorista, trazendo direção facilitada e freio ABS. O desempenho do modelo em estradas é impressionante e isto vale tanto para o dia, como para a noite.

Afinal, os faróis da XRE também passaram por aperfeiçoamento, assim como o seu peso que ficou mais leve a fim de auxiliar o motorista a conduzi-la.

Como consulta débitos do veículo pelo site do DETRAN

Hoje em dia, a grande prioridade do brasileiro é a praticidade e por isso, todos os órgãos públicos e empresas têm investido em recursos através de plataformas digitais.

É necessário contribuir anualmente para algumas taxas. Quem é proprietário de um veículo no Brasil, fica sujeito ao pagamento de valores como o IPVA e o DPVAT.

Mas e quando o motorista deixa de pagar os valores e não quer ir em uma unidade do Detran para solucionar as irregularidades? Bem, você pode consultar esses débitos no site do Detran.

O Detran é o órgão responsável pelo funcionamento e manutenção do trânsito no país. Esta é uma instituição estadual e fica sujeita a aplicação de regras para cada região. Isto quer dizer que para cada estado haverá um Detran responsável, assim como uma plataforma digital.

Muitas casualidades podem levar o motorista a ficar com alguma pendência no Detran. Um bom exemplo dessas dividas é o descumprimento de taxas obrigatórias como o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A aplicação e cobrança de multas também acaba virando uma pendência no Detran e vale a pena lembrar que quem não cumpre com os valores pode acabar se prejudicando.

Além do próprio valor das taxas em questão, pode ocorrer a aplicação de uma multa pelo não pagamento, assim como um acréscimo de juros ao valor total.

Saiba mais em: https://ipvasp.inf.br/

Se você quer solucionar as suas pendências de forma simples, é preciso acessar o site do Detran a sua região. Por exemplo, se você ainda não pagou o IPVA 2020 SPdeve acessar o detran.sp e seguir os procedimentos necessários. Veja abaixo o passo a passo:

Passo 1

Acesse o site do Detran do seu estado e faça o seu login informando o número da placa do seu veículo ou do RENAVAM.

Passo 2

Quando você acessar o seu perfil, todos os seus débitos ficarão disponíveis para serem visualizados. Você deve buscar por suas pendências.

Passo 3

Se você estiver devendo o IPVA, encontrará a opção de parcelar a sua divida. Para os demais valores, pode depender de cada situação.. Escolha a forma de pagamento.

Passo 4

Após selecionar a divida e a opção de cumprimento do valor, você deve gerar a Guia de Pagamento. Esse boleta já será emitido com a correção de valores aplicados.

Passo 5 

Depois é só imprimir a sua guia e realizar o pagamento em uma agência bancária ou casa lotérica.

© 2020 IBINET SP

Theme by Anders NorénUp ↑